Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A vice-prefeita Christianne Coelho se reuniu, nessa terça-feira (12), com a equipe da Casa Acolhedora de Sobral para apresentação do relatório 2019-2020. A Casa atendeu, no período,  39 mulheres (com idades entre 16 e 46 anos), 5 gestantes (de 15 a 39 anos), 53 crianças (de 2 a 10 anos) e 37 bebês (de 0 a 2 anos).

O projeto Casa Acolhedora de Sobral foi criado por demanda do Instituto Trevo de Quatro Folhas como estratégia para a redução da mortalidade infantil, por meio do apoio às mães usuárias de crack após o nascimento do bebê que, em outras situações, passaria a viver em risco social (negligência, abandono, acolhimento em abrigos ou adoção).

Participaram do momento, de forma presencial, a coordenadora da Casa Acolhedora de Sobral, Luisiany Prado, a vice-presidente do Instituto Trevo de Quatro Folhas, Maria José Linhares, o psicólogo Ricardo Felipe e a assistente social Mariana Vasconcelos. De forma remota, participou a presidente do Instituto Trevo de Quatro Folhas, Ana Cecília Sucupira, que se encontra em São Paulo. 

(*)com informação da Prefeitura de Sobral

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp