kaspersky anti virus free for windows 10 64 bit autodesk robot structural analysis professional 2014 free free microsoft access 2016 hyperlink free microsoft office 2013 free windows 8.1 free free realtek for windows 10 football game for pc free full version corel videostudio pro x6 activation key free folder lock software free for windows 10

Investir em transporte marítimo é essencial para tornar um país forte e relevante no comércio exterior. Apenas neste ano, o Governo do Brasil terá prorrogado ou leiloado oito contratos portuários dentro do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) – sendo um dos principais o Terminal de Trigo do Rio de Janeiro, que prevê investimentos na ordem de R$ 93,1 milhões nos próximos anos.

Com uma agropecuária responsável por boa parte das exportações do País, o Brasil precisa de terminais portuários que consigam dar vazão à grande produção de produtos brasileiros, em especial os agrícolas como soja e milho.

Para se ter uma ideia, mais de 90% do comércio internacional é feito por transporte marítimo, de acordo com a associação internacional de operadores de navios  da Câmara Internacional de Embarcações.

De acordo com a entidade, sem essa forma de transporte de cargas, seria impossível fechar negociações e expandir o comércio exterior. Atualmente, há mais de 50 mil navios mercantes que fazem transporte internacional de cargas e produtos.

No Brasil, a expressividade do transporte marítimo também tem as mesmas proporções. As exportações por mar correspondem a 83,5% do total exportado pelo País, cerca de US$ 153,2 bilhões de janeiro a outubro. Esse números somam 521 milhões de toneladas exportadas no período.

Nas importações, a relevância é similar. Até outubro, as importações realizadas pelo mar somaram US$ 113,3 bilhões, o que corresponde a 73,6% do total das compras realizadas pelo País.

Dos portos brasileiros são exportados os principais produtos da nossa balança comercial: soja, farelo de soja, milho, produtos minerais, carnes, açúcar, automóveis, café, entre outros bens de consumo.  Atualmente, o Brasil possui 34 portos públicos e mais de 100 instalações portuárias privadas que cobrem 8,5 mil quilômetros de costa navegável.

 

Fonte: Governo do Brasil