Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A redução do desmatamento no Brasil em 16% ajudou o país a conquistar recursos internacionais. Durante o evento Amazon Bonn Day, na Alemanha, nessa terça-feira (14), governadores dos estados da Amazônia e senadores brasileiros participaram da assinatura de um acordo de cooperação que prevê a doação de 100 milhões de euros pelos governos da Alemanha e do Reino Unido.

Acre e Mato Grosso vão receber cerca de 70 milhões de euros por terem projetos na área ambiental aprovados pelos países europeus. Mas, todos os estados da Amazônia poderão ter financiamentos de projetos de preservação financiados pelo Fundo da Amazônia que recebeu mais 30 milhões de euros da Alemanha, direcionados exclusivamente para ações de preservação da Floresta Amazônica e desenvolvimento das comunidades da floresta, caso dos povos indígenas.

O cacique Raoni, líder indígena brasileiro da etnia caiapó, esteve no evento e apontou a necessidade de proteger as comunidades indígenas, que agem como verdadeiras guardiãs da floresta. O senador Jorge Viana (PT-AC), que representou um dos estados beneficiados por preservarem a Amazônia, afirma que parcerias como essas são fundamentais para o desenvolvimento e apoio a comunidades indígenas.