Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Estudantes da Universidade Federal do Ceará (UFC) voltaram bloquear, na manhã desta segunda-feira (26), os acessos de veículos e as entradas da Reitoria da instituição Bairro Benfica, em Fortaleza. Os alunos protestam contra a nomeação de Cândido Albuquerque como novo reitor da UFC.

É o terceiro dia de protestos de estudantes na Universidade Federal do Ceará, desde que o nome de Cândido Albuquerque foi escolhido pelo presidente Jair Bolsonaro.

Cronologia dos protestos:

  • Dia 19 de agosto: nomeação de Cândido Albuquerque é anunciada em edição extra do Diário Oficial da União.
  • Dia 20 de agosto: estudantes bloqueiam o cruzamento entre as avenidas da Universidade e 13 de Maio, no Bairro Benfica, em Fortaleza, contra a escolha do novo reitor. Cândido diz que não foi “indicado para ser líder político”.
  • 22 de agosto: Cândido Albuquerque toma posse como novo reitor da UFC na sede do Ministério da Educação, em Brasília.
  • 23 de agosto: manifestantes fecham acessos da reitoria da UFC em protesto contra a nomeação de novo reitor. Com reitoria bloqueada por alunos, transferência de cargo de novo reitor da UFC acontece em outro local.

Na manhã desta segunda-feira, a entrada e saída de veículos voltou a ser bloqueada pelos manifestantes. Os participantes permitiam o acesso ao prédio somente dos motoristas que baixassem os vidros dos carros e se identificassem. Cerca de 400 pessoas participam do ato, segundo os organizadores.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp