Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O presidente do Senado, Eunício Oliveira, terá uma reunião com a presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Cármen Lúcia, nesta terça-feira, para tratar do imbróglio judicial envolvendo a retomada das obras do Eixo Norte da Transposição das águas do Rio São Francisco, que devem chegar ao Ceará. Em pronunciamento na Câmara Municipal de Morada Nova na última sexta-feira, ele anunciou o encontro e disse que convidaria o governador Camilo Santana, de quem é adversário político, para também ir ao STF.
Terça-feira eu estou indo ao Supremo Tribunal Federal, estou convidando o governador do Estado, não é para constrangê-lo, estou convidando o ministro da Integração, Hélder Barbalho, para ir à ministra Cármen Lúcia dizer para ela que nós não podemos perder esses recursos, que o Nordeste não pode perder essa oportunidade que tem na Transposição do São Francisco, discursou a uma plateia de vereadores, durante solenidade que o homenageou pela atuação política com foco no Ceará.
Antes, o peemedebista afirmou que a Transposição é um sonho de 157 anos dos nordestinos iniciado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e ressaltou que, como presidente do Senado, não faz diferença entre bandeiras partidárias. Agora, uma das construtoras quebrou. Eu fui lá no presidente Michel Temer e busquei das mãos dele R$ 516,8 milhões para o último trecho da Transposição das águas do São Francisco, destacou.