Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O prefeito de Eusébio Acilon Gonçalves (PEN) inaugurou nesta semana o projeto “Café com o Prefeito”, onde ele responde as perguntas dos cidadãos do município com relação a diversos assuntos. O vídeo é publicado na Fanpage da Prefeitura. Acilon entende que esse canal trará um contato mais íntimo e direto com a população de Eusébio e garante que responderá todas as perguntas, através do espaço ou de outros canais da Prefeitura.

Inúmeras perguntas foram feitas sobre temas relevantes para a cidade entre elas a questão da construção da CE-010, abastecimento de medicamentos nos postos, inauguração de equipamentos, entre outros.

Sobre a falta de medicamentos disse que está sendo feita uma licitação para comprar diretamente pela Prefeitura, sem o caminho do Estado, para que mesmo o Estado atrasando o medicamento, o cidadão não sinta falta do mesmo.

“Nós que estamos acompanhando toda essa dificuldade, temos feito de tudo para que os medicamentos para o controle de diabetes e controle de hipertensão não faltem. Oriento aos moradores que, ao sentirem falta desses medicamentos nos postos, procurem a Farmácia Central, pois através dela não deixaremos faltar esses medicamentos”, destacou.

Um cidadão indagou sobre a data de inauguração do posto de saúde do Novo Portugal. Acilon frisou que a unidade está precisando, ainda, de equipamentos básicos, como birôs, estantes, balanças, que ainda não chegaram ao município. “Não é só a inauguração de um prédio que vai funcionar a saúde, ela requer toda uma logística, principalmente recursos humanos. Estamos finalizando isso e logo-logo, possivelmente antes do mês de outubro vamos inaugurar a nova unidade de saúde da família do Novo Portugal, desafogando os postos do Olho D’água e Timbú e levando benefícios para o Pires do Façanha e Novo Portugal”, esclareceu.

O prefeito enfatizou que em todas as suas gestões, sempre teve uma preocupação em especial com a infraestrutura do município, disse ainda que tem feito um trabalho dinâmico frente a administração naquela localidade, reconheceu problemas estruturais como pavimentação e garantiu que as ruas serão calçadas e outras receberão asfalto. “Primeiro vamos resolver o problema de algumas ruas que não tem calçamento e estamos com um processo de licitação com esse intuito. Logo após, vamos buscar asfaltar outras ruas, que já contam com pavimentação em pedra tosca. Dessa maneira nós iremos trazer benefício ao bairro com uma rapidez maior”.