Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O prefeito do Eusébio, Acilon Gonçalves (PL), tenta administrar, ao longo da semana, o constrangimento e o mal estar enfrentado pela administração municipal após a repercussão negativa com as cenas de nudez exibidas durante a 20ª Convenção Brasileira de Malabares e Circo, encerrada no último final de semana no Município.

Para o jornalista Beto Almeida, em seu comentário no Bate Papo Político no Jornal Alerta Geral, o prefeito Acilon Gonçalves, pela experiência que acumula, poderia ter evitado o constrangimento se tivesse o zelo para saber as apresentações antes de apoiá-las.

O evento recebeu apoio financeiro da prefeitura e ganhou repercussão nacional após o vazamento de imagens eróticas apresentadas no espetáculo “Erotic Circus Show”, da companhia circense Verticarte. As imagens ganharam as redes sociais e deixaram Acilon em verdadeira saia justa porque, antes, convida a população para as apresentações e, após o encerramento do evento, mostrou-se surpreso com a agenda dos espetáculos.

O Organizador da Convenção Brasileira de Malabares e Circo, Maurício Rodrigues, disse, em entrevista ao jornal Folha de São Paulo, que o espetáculo não aconteceu em um espaço aberto e teve controle de classificação etária.

“O título já anunciava qual era o tema do espetáculo e a comunidade sabia disso. Não era um acontecimento público, mas uma obra de arte encenada em um espaço fechado”, afirma Rodrigues, que também criticou a gravação de imagens do espetáculo e a sua divulgação sem a autorização da produção.

Algumas imagens são impublicáveis e, em respeito aos nossos internautas, não serão exibidas aqui, mas circulam na Internet e dão a dimensão real da indignação de moradores do Eusébio e do constrangimento enfrentado pelo prefeito Acilon Gonçalves que, na abertura 20ª Convenção Brasileira de Malabares e Circo, convidou moradores de diversas cidades da Região Metropolitana de Fortaleza para acompanhar o que ele, Acilon, chamou de maravilha das noites do evento.

Sob pressão, Acilon, após assistir as cenas de um dos espetáculos, comunicou, pelas redes sociais, a exoneração do secretário de Cultura, Leo Abreu, com o discurso de que continuará firme na defesa da família, da ética, da moral e dos princípios religiosos. Para muitos moradores do Eusébio, Acilon não teve essa mesma preocupação para defender a família, a ética e a moral porque sabia da programação da 20ª Convenção Brasileira de Malabares e Circo.

Confira na íntegra mais informação com o correspondente Carlos Alberto:

Confira na íntegra o Bate Papo Político do Jornal Alerta Geral:

 

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp