Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A Prefeitura de Eusébio, através da Secretaria de Educação, inaugurou a ampliação do Setor de Inclusão, que tem como objetivo acolher alunos com necessidades especiais, bem como oferecer suporte à comunidade escolar, para bem receber esses alunos. O evento contou com a presença do prefeito Acilon Gonçalves; do vice-prefeito licenciado Paulo César Feitosa, atualmente na presidência da Companhia de Desenvolvimento do Ceará (Codece); da primeira-dama Marta Gonçalves; da secretária de Educação do município, Goretti Frota; da presidente da Câmara Municipal de Eusébio, vereadora Neila Martins de Castro, entre outras autoridades.

A solenidade foi aberta pela Secretária de Educação, Goretti Frota, que destacou o sentimento de gratidão ao prefeito Acilon Gonçalves,”pois tudo que a Secretaria vem realizando, contamos com um prefeito totalmente sensível às questões do setor. Agradecemos também a primeira-dama Marta Gonçalves, que é uma pessoa que desde muito tempo trabalha com a inclusão”, afirmou.

Em seguida falou a coordenadora do Setor de Inclusão, Marcilene Lima, que também destacou a gratidão de todos que fazem o órgão, dos pais e dos alunos, ao prefeito Acilon por ter decidido ampliar a sede para dar condições ideais para o atendimento das pessoas com necessidades especiais.

Segundo ela, os alunos já chegam ao setor com laudo médico do neuropediatra e são integrados ao ensino regular e, passam ter o atendimento com especialistas, visando sua total integração ao meio e desenvolvimento pleno. Já os alunos que se matriculam sem diagnóstico definido são encaminhados para uma avaliação. Ela agradeceu também a primeira-dama Marta Gonçalves por ser a iniciadora desse trabalho no município.

O orador seguinte foi o vice-prefeito licenciado do Eusébio, Paulo César Feitosa. Ele observou que o Setor de Inclusão é a demonstração da sensibilidade do prefeito Acilon Gonçalves para com as crianças especiais. “Só sabe dessa necessidade quem tem filhos com necessidades especiais, a família sofre com ele, os profissionais que acompanham também. Nada mais justo que reconhecer esse trabalho do prefeito Acilon. Ele e a Marta Gonçalves, todo mundo sabe, é um casal que tem uma sensibilidade diferenciada para as crianças, especialmente com relação as que necessitam. Fiz questão de vir aqui, mesmo licenciado, pois tenho um filho, o Fernandinho, que cursa Medicina, que eu considero que tem uma necessidade especial, pois tem uma síndrome rara na medicina, que vez por outra o impede de locomover e ter habilidades como as outras crianças”, frisou.

Em sua fala, o prefeito Acilon Gonçalves, destacou que sua esposa, Marta Gonçalves, foi a iniciadora do atendimento das crianças especiais no Eusébio, no ano de 1997. Frisou que a dedicação dela fez com que ele desenvolvesse também esse olhar diferenciado para as crianças especiais. “Quero dizer para vocês que temos que tratar os diferentes de maneira diferente, pois fazendo isso eles se tornam iguais. Pois todos que estão aqui são iguais. Nós os tratamos de maneira diferente para que alcancem essa igualdade”, observou.

Pontuou que tem uma preocupação em bem cuidar das crianças, fruto do trabalho da primeira-dama Marta Gonçalves. “Por isso que temos esse Setor. Para que cada criança vá para o rumo certo. Nas escolas temos as salas do AEE, para que elas possam administrar as diferenças. Temos o NAMME para tratamento especializado em tudo e a escola regular, que absorve os alunos especiais com tranquilidade. Tudo isso é garantido a partir de um diagnostico feito pelo Dr. Fábio que é nosso neuropediatra. Talvez sejamos uma das únicas cidades que temos esse especialista reservado mensalmente para esse trabalho”, frisou.

No final, Acilon disse que as crianças contam com transporte garantido e prometeu até o final do ano abrir um acesso em frente ao equipamento para o Polo de Lazer. “Faremos um calçadão de cinco metros de largura, onde as crianças do Setor de Inclusão poderão passear e visitar o Polo. Esse Polo foi feito pensando nas crianças e por isso se tornará mais um equipamento para elas façam a terapia para a verdadeira inclusão”, concluiu.

Com informações da PME

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp