Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, ao barrar a aposentadoria precoce do advogado Hélio Parente como ex-conselheiro do extinto Tribunal de Contas dos Municípios(TCM), levou o jornalista Beto Almeida a classificar, nesta sexta-feira, no Jornal Alerta Geral, como excrecência o benefício dado a quem tem menos de 35 anos de contribuição previdenciária e menos e de 65 anos de idade.

O repórter Carlos Alberto, em participação no Alerta Geral (FM 104.3 – Expresso Grande Fortaleza + 24 emissoras de rádio no Interior + redes sociais do cearaagora), fala sobre a decisão do Ministro Luís Roberto Barroso, enquanto o jornalista Beto Almeida resgata o histórico da concessão da aposentadoria que custaria, mensalmente, aos cofres do estado do Ceará, uma média de R$ 15.000,00.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp