Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O comércio cearense está com boas expectativas para o final do ano. Com a crise do coronavírus, as vendas diminuíram, mas a esperança é que as festas de final de ano aqueçam o mercado. Isso é o que mostra uma pesquisa da Fecomercio que prevê um aumento de até 3% nas vendas do comércio varejista em novembro, principalmente em supermercados e materiais de construção. Segundo a entidade, o aumento deve ser puxado pela Black Friday, que acontecerá no dia 27 de novembro.

A data servirá como um termômetro para as compras de Natal, que, segundo a federação, também devem registrar crescimento neste ano. Se as previsões se confirmarem, o varejo terminará o ano com uma queda de 3%, um cenário melhor do que o previsto no início da pandemia da covid-19.

Apesar das previsões otimistas da entidade em relação à Black Friday, a Fecomercio avalia que a abertura gradativa dos estabelecimentos não será suficiente para recuperar as perdas do setor este ano.