Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

As visitas a detentos da Casa de Privação Provisória de Liberdade Professor José Jucá Neto (CPPPL3), em Itaitinga, estão suspensas neste final de semana. A informação é da Secretaria Estadual de Justiça (Sejus) e causou revolta em familiares dos presos. Na manhã deste sábado, 17, eles realizaram protestos em frente ao complexo. Parentes dos presos atearam fogo em pneus na BR-116, na altura do quilometro 27.

A medida, que tem caráter disciplinar, e foi adotada após a descoberta de dois túneis na unidade, na tarde da última quinta-feira, 15. O Batalhão de Choque da Polícia Militar se encontra, desde a última quarta-feira, 14, nos corredores das unidades penitenciarias a fim de prevenir motins e conflitos. Até o momento, nenhum conflito foi registrado.

.

Para conter os manifestantes, equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF), da Policia Militar e do Corpo de Bombeiros foram acionadas. Segundo informações da assessoria da PRF, uma equipe da PM conversou com os manifestantes que, após a chegada de mais viaturas foram se dispersando. A rodovia foi liberada por volta do meio-dia.