Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Candidato à reeleição ao Governo do Estado, Camilo Santana (PT) começou, nesta sexta-feira, 7, o atentado a faca praticado contra o candidato à Presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro.

Camilo lamentou o ocorrido e disse que foi “um fato gravíssimo e reprovável sob todos os aspectos”, acrescentando que a sociedade não pode “tolerar jamais” ações desse tipo. “Democracia se faz com diálogo e respeito, jamais com violência”, disse.

Com informações do Jornal O Povo