activator windows server 2012 r2 standard evaluation free windows 10 free full version 2019 free free download winwap for windows free dolby digital plus home theater for windows 10 cyberlink powerdirector 9 free

O faturamento do setor de franquias cresceu 9,4%, no primeiro trimestre do ano, na comparação com igual período de 2016, segundo balanço da Associação Brasileira de Franchising (ABF). A receita passou de R$ 33,7 bilhões para R$ 36,8 bilhões. No acumulado dos últimos 12 meses, o volume de recursos arrecadado com as vendas teve alta de 8,8%.

O presidente da associação, Altino Cristofoletti Junior, disse que os resultados são significativos, se observado o contexto da economia brasileira. “O dado revela que a recuperação do ritmo de crescimento do franchising é gradativa, ainda abaixo de dois dígitos”, disse.

Em relação ao movimento de abertura de lojas, o levantamento mostra um crescimento de 1,3% na comparação com os três primeiros meses do ano passado. Atualmente, o setor de franquias tem 142.673 unidades no país.

O segmento com maior crescimento no período analisado foi hotelaria e turismo, com alta de 31% no faturamento. De acordo com a associação, o resultado representa uma recuperação expressiva, tendo em vista que, no mesmo período de 2016, o setor havia registrado 15% de queda na receita. “A maior estabilidade do dólar e a redução do endividamento das famílias também explicam a significativa expansão”, ressaltou Cristofoletti.

O faturamento relacionado à saúde, beleza e bem-estar registrou o segundo melhor desempenho, com elevação de 17%. O resultado, segundo a associação, é explicado pelo aumento da busca por produtos e serviços do segmento, o crescimento de franquias de clínicas populares, além da diversificação dos canais de vendas das redes de cosméticos. Limpeza e conservação, por sua vez, registraram variação positiva de 16% de janeiro a março.

Em relação à localização das unidades, o percentual de cada modalidade de operação manteve-se estável. Predominam as lojas de rua (65,9%) e de shoppings (23%). Em seguida, estão as unidades no modelo home office (5,3%) e em supermercados (3,6%).

A pesquisa da associação entrevistou cerca de 43% das unidades de franquia, que representam 53% do faturamento total do setor.