Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Os trabalhadores que têm direito ao saque emergencial do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) terão que esperar para poder sacar o dinheiro ou transferi-lo da Caixa para outro banco. O calendário depende do mês de nascimento, começando a partir de 25 de julho. Para nascidos em novembro e dezembro, o saque ou transferência só será possível a partir de 14 de novembro, ou seja, daqui a cinco meses.

A Caixa vai depositar os valores em poupanças digitais abertas pelo banco. O trabalhador poderá mexer na conta apenas para pagamento de boletos, compras online e compras com pagamento realizadas em algumas maquininhas de cartão —a Caixa não detalhou quais. Saques em dinheiro ou transferências para contas em outros bancos terão que esperar semanas e até meses.

O saque emergencial do FGTS foi anunciado em abril para apoiar os trabalhadores durante a crise causada pela pandemia do novo coronavírus. Segundo o Ministério da Economia, o saque emergencial do FGTS vai movimentar cerca R$ 37,8 bilhões no total, para 60 milhões de trabalhadores.

Têm direito ao dinheiro trabalhadores que possuem contas ativas (do emprego atual) ou inativas (de empregos anteriores) no FGTS. A data em que o valor cai na poupança digital depende do mês de aniversário do trabalhador. Confira a seguir o calendário completo.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp