Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A nova rodada de liberação de recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço pode permitir saques de aproximadamente R$ 1.000 por conta. O valor ainda está em análise pela equipe do ministro Paulo Guedes (Economia), que criou um grupo para discutir medidas de estímulo econômico por causa da pandemia do novo coronavírus.

Há cerca de duas semanas, o governo anunciou ações para proteção de trabalhadores durante a crise. Entre elas, a liberação de dinheiro do FGTS. No entanto, técnicos não apresentaram, à época, uma previsão do valor do novo saque, pois ainda precisavam estudar o modelo. A ideia do Ministério da Economia é transferir esse montante para dar mais liquidez ao FGTS, que vem sendo usado nos últimos anos para injetar dinheiro na economia e estimular o consumo e quitação de dívidas das famílias.

A operação para liberar esse dinheiro para o trabalhador precisará passar por votação no Congresso. É possível que isso seja feito por medida provisória, que entra em vigor logo após a publicação, mas que depende de aval dos parlamentares em até 120 dias para não perder a validade. O FGTS foi usado em outra medida de injeção de ânimo na economia iniciada no ano passado.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp