Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O candidato do PDT à Presidência da República, Ciro Gomes, criticou a carta do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que pede a união dos candidatos que “não apostam em soluções extremas”.  Sem citar nomes, FHC pediu um acordo de apoio a quem “melhores condições de êxito eleitoral tiver” — caso contrário a “crise tenderá certamente a se agravar”. A carta teria como alvos Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT), embora não citados nominalmente

Para Ciro, Fernando Henrique “é um encantador de serpentes. Ele está querendo, por pura malícia, ver se cria alguma forma de ressuscitação da candidatura do PSDB”.

Ciro, que já foi do PSDB, também disse que FHC não tem ”nenhum apreço pelo Brasil, porque há muitos anos ele já mostra que é um cínico em relação à sorte do nosso povo”.

Publicada na quinta-feira, a carta de FHV também não foi bem recebida por outros candidatos, que afirmaram que o PSDB não tem autoridade para iniciar esse tipo de movimentação.

Ciro visitou nesta sexta-feira, o Santuário de Nossa Senhora da Aparecida. De lá, foi para Pindamonhangaba, sua cidade natal, onde fez uma caminhada com apoiadores divulgando sua principal bandeira de campanha, a retirada de 63 milhões de brasileiros do SPC.

Para Ciro, a candidatura do PSDB não estaria “enterrada” por algum defeito do ex-governador Alckmin, mas porque os tucanos seriam os grandes responsáveis pelo quadro de ódio que teria, segundo Ciro, se instalado no país. O resultado seria, de um lado, um fenômeno classificado pelo presidenciável de “nazista, militarista e extremista”, ligado ao deputado federal Jair Bolsonaro (PSL), e, de outro, a radicalização, representada pelo PT.

Segundo as últimas pesquisas de intenção de voto, Ciro ocupa a terceira colocação, atrás de Bolsonaro e do ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT). O pedetista poderia ser o principal beneficiado de uma unidade das candidaturas que não incluíssem as do PT e a do PSL. Ao falar com repórteres após a caminhada em Pindamonhangaba, quando questionado se era a terceira via nesta eleição, Ciro respondeu que era a primeira via.

Com informações do O Globo