Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Os números da pesquisa do Ibope sobre a corrida à Prefeitura de Fortaleza mostram que a força do Governador Camilo Santana (PT) e do prefeito Roberto Cláudio (PDT) levou o candidato do PDT, José Sarto, à liderança na preferência dos eleitores, como destaca, no Bate Papo Político, nesta quarta-feira, o jornalista Beto Almeida. A boa avaliação das administrações de Camilo e Roberto é apontada um dos principais fatores que ajudam Sarto a assumir a primeira posição na pesquisa de intenção de votos.

Outro aspecto que pode ser apontado, na conversa entre os jornalistas Luzenor de Oliveira e Beto Almeida, dentro do Jornal Alerta Geral, é que o generoso tempo de propaganda eleitoral no rádio e na televisão contribui, de forma determinante, para José Sarto se tornar ainda mais conhecido e tomar a primeira posição que era ocupada pelo Capitão Wagner, do PROS. Ambos, pelos números do Ibope, estão em empate técnico.

“Claramente o eleitor mergulhou de cabeça no cenário das eleições passou o horário eleitoral, impactou, porque deixou os candidatos a disposição, ao conhecimento do eleitor que finalmente passou a vivenciar do horário eleitoral gratuito, começou a se definir em relação ao candidato Se você observar por exemplo o índice de brancos e nulos nesta pesquisa hoje, alias que não sabe ou prefere não responder tem apenas 7%”, afirma Beto Almeida.

Beto afirma que o primeiro aspecto que se pode inferir desta pesquisa é de que o eleitor já tem um quadro mais estabilizado. E o segundo aspecto ele diz que é a importância dos cabos eleitorais, ele classifica como determinante o papel que tem o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio e o governador Camilo Santana junto a campanha do pedetista, tendo em vista a elevada aprovação que ambos possuem em suas respectivas gestões. Diz ainda que a atuação deles tem sido de grande valia para reforçar a candidatura de José Sarto.

“Os acertos na estratégia da campanha do candidato José Sarto, contribuíram, além dessa força dos padrinhos políticos, para despertar a atração dos eleitores sobre o conteúdo das mensagens que estão sendo veiculadas pelo radio, pela televisão e pelas rede sociais”, pontua Luzenor de Oliveira ao destacar ainda o fato de o candidato do PDT, José Sarto, ter quatro vezes mais tempo de propaganda do que o candidato do PROS, Capitão Wagner.

O jornalista Beto Almeida ainda ressalta que o crescimento de Sarto foi a grande prova de que o horário eleitoral gratuito ainda tem a sua importância. Destaca Beto, que ainda pontua a importância das redes sociais para alcançarem um público mais interligado, porém, o eleitor comum ainda se informa majoritariamente pelo rádio e pela televisão. “O tempo grande distanciado em relação aos demais candidatos também pesou de forma positiva pra que ele se tornasse mais conhecido pra que ele se tornasse mais palatável ao eleitor”, diz Beto.

Por fim, Luzenor pontua que a eleição neste ano ficou mais atrativa, pois são blocos de 10 minutos, um tempo mais curto e um maior número de inserções, preenchendo um bom espaço na propaganda. “A propaganda pelo rádio e pela televisão ganhou tanta relevância que esse números da pesquisa não são apena intenções s de votos na disputa pela prefeitura de Fortaleza, essa relevância está expressa nos números dessa pesquisa, principalmente do Ibope que mostra a queda do índice de eleitores indecisos, é a incorporação da campanha eleitoral no cotidiano dos eleitores”.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp