Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Fortaleza recebe, nos próximos dias 20 e 21 de setembro, o 2º Congresso Internacional de Responsabilidade Civil (CINTERC). Na pauta de discussões, estão o Marco Civil da Internet, proteção e violação de dados pessoais na internet, mudanças na CLT, entre outros, como explica um dos coordenadores do evento, Nelson Rosenvald. O seminário tem também como coordenador o Juiz Federal Bruno Carrá.

Em entrevista ao jornalista Luzenor de Oliveira na edição desta segunda-feira, 10, do Jornal Alerta Geral (Rádio FM 104.3 – Expresso Grande Fortaleza + 26 emissoras no Interior), Rosenvald, que é procurador de Justiça do Ministério Público de Minas Gerais, destaca que o evento será importante para discutir temas relacionados a Sociedade Civil – o evento é organizado pelo Instituto Brasileiro de Responsabilidade Civil (IBRC).

Rosenvald pontua ainda que, no Congresso, haverá também debates sobre a relação entre usuários e operadoras de planos de saúde. O objetivo, segundo o procurador de Justiça, é mostrar como a sociedade civil pode se organizar para entrar na Justiça com processos civis coletivos para ganhar causas que podem beneficiar milhões de consumidores e/ou usuários. O Congresso discutirá também mudanças nas relações de trabalho.

Indagado pelo jornalista Luzenor de Oliveira sobre a campanha eleitoral e sobre as fake news, que se tornam frequentes nas redes sociais no período eleitoral, Rosenvald diz que a Justiça brasileira tem sido ágil para tentar inibir notícias falsas, mas que o correto é o poder judiciário brasileiro dispor de medidas para inibir as fake news.

Serviço

Local: Anfiteatro do Centro Universitário 7 de Setembro (UNI7)

Data: 20 e 21 de setembro

Confira abaixo a entrevista completa com o procurador de Justiça, Nelson Rosenvald:

NELSON ROSENVALD – PROCURADOR DE JUSTIÇA