Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Servidores do Fórum Clóvis Beviláqua estão aprendendo a usar a meditação para reduzir o estresse, controlar a ansiedade e alcançar maior equilíbrio e harmonia em seu cotidiano. O curso “Controle da ansiedade e bem-estar no trabalho”, promovido pela Seção de Capacitação do Fórum, teve início no dia 17 de setembro e segue até 14 de novembro, somando um total de 20 horas, incluindo momentos presenciais e a distância.

As aulas são divididas em três módulos – Atenção Plena; Emoções Equilibradas e Mente Pacífica; e Comunicação Efetiva. Segundo o facilitador Áthila Campos Girão, doutor em Ciências na área de Saúde Coletiva, o objetivo é ensinar algumas práticas e conceitos que ajudem os alunos a se relacionarem de forma diferente com os problemas e dificuldades, tornando-se mais conscientes dos seus comportamentos e, assim, evitando automatismos e atitudes impulsivas que podem gerar conflitos, sofrimento e estresse no ambiente de trabalho.

“A ideia é que seu comportamento gere bem-estar para você e para o outro. É algo que devemos trabalhar internamente, para que cada um, estando mais consciente de suas emoções e de suas atitudes, possa funcionar no mundo de uma forma mais congruente, assertiva, resolutiva e empática. Assim, em vez de uma sociedade conflituosa, podemos contribuir para uma sociedade mais harmônica, em que se consiga ver as necessidades do outro”, afirma.

Ele utiliza uma metodologia vivencial, baseada nas técnicas da meditação mindfulness (atenção plena), propondo uma série de práticas que podem ser aplicadas no dia a dia.

Uma das participantes, a auxiliar judiciária Alessandra Sousa Campos, afirmou que, apesar de não conhecer bem as técnicas abordadas no curso, teve interesse em participar para aprender a trabalhar melhor as relações interpessoais e o gerenciamento do tempo. Já a técnica judiciária Gerusa Maia observa que muitas pessoas hoje estão desenvolvendo doenças precocemente, por conta do estresse e da ansiedade e, por isso, considera muito importante buscar técnicas que ajudem a viver de forma mais saudável e equilibrada. “Eu já venho nessa busca por mais harmonia no dia a dia e, por isso, quando vi a proposta do curso, não pensei duas vezes”, disse.

 

 

Com informação da TJCE