Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Expandir em 3% o crescimento de florestas em todo o mundo, o correspondente a uma área de 120 milhões de hectares. Esta é uma das principais metas da 12ª sessão do Fórum sobre Florestas da Organização das Nações Unidas, que está sendo realizado desde esta segunda-feira (1º) na sede da ONU, em Nova York. As informações são da ONU News.

O evento analisa a implementação das metas globais das florestas e como alcançar os objetivos da agenda para o setor até 2030. Na semana passada, a Assembleia Geral da ONU adotou os Objetivos Globais da Floresta como parte do plano estratégico da organização para 2017-2030 no setor.  Para o presidente da Assembleia Geral, Peter Thomson, a saúde das matas é fundamental para o papel da humanidade no planeta.

Ele discursou na abertura do Fórum  sobre Florestas lembrando que as mesmas são o habitat de 80% de todos os animais, plantas e insetos na terra. E cerca de 25% dos habitantes do planeta precisam das matas para sobreviver. Segundo as Nações Unidas, as matas cobrem 30% da superfície terrestre, número que representa quase 4 bilhões de hectares.

Desafios

O Fórum sobre Florestas da ONU tem como tarefa fornecer uma plataforma global de ações para o gerenciamento sustentável das mesmas, evitando degradação e desmatamento. O presidente da sessão atual é o canadense Peter Besseau. Segundo ele, o fórum está ajudando a transformar o trabalho dos especialistas no tema, de forma mais eficiente, ao reconhecer os desafios encarados por quem depende das florestas.

Os seis objetivos globais para o setor contribuem para o avanço da Agenda 2030 da ONUe também para responder às Metas de Biodiversidade de Aichi  (plano que busca estabelecer ações concretas para deter a perda da biodiversidade planetária, aprovado durante a 10ª Conferência da Convenção sobre Diversidade Biológica – COP-10, realizada na província de Aichi, Japão) e ao próprio Acordo de Paris, de mudança climática.

O brasileiro Manoel Sobral Filho, diretor do Fórum sobre Florestas da ONU, afirmou que para construir um futuro verde e sustentável é necessário combater a degradação ambiental, para que todos possam se beneficiar das florestas. Segundo ele, quando as matas são bem administradas, os benefícios são vistos em todo o mundo.

Os Seis Objetivos Globais da Floresta são:

1) Reverter as perdas florestais em todo o mundo através do gerenciamento sustentável, incluindo proteção, restauração, reflorestamento e aumento de esforços para evitar a degradação de florestas e contribuir para o esforço global contra a mudança climática;

2) Reforçar os benefícios socioeconômicos e ambientais baseados nas florestas, incluindo a melhoria da subsistência das pessoas que dependem das matas;

3) Aumentar substancialmente as áreas de proteção e de gerenciamento sustentável das florestas em todo o mundo, assim como a proporção de produtos florestais com manejo sustentável;

4) Mobilizar recursos financeiros, novos e adicionais, de todas as fontes para a implementação do manejo sustentável de florestas e fortalecer a cooperação técnico-científica e de parcerias no setor;

5) Promover a governança de plataformas para implementar o gerenciamento sustentável, incluindo o Instrumento da ONU sobre Florestas, e aumentar a contribuição das matas para a Agenda 2030;

6) Melhorar a cooperação, coordenação, coerência e sinergias sobre temas relacionados a florestas em todos os níveis, inclusive dentro do Sistema ONU e através da Parceria de Colaboração sobre Florestas por organizações-membros, bem como em setores interessados.