Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O projeto que envolve a implantação da metodologia de modelagem da qualidade das águas deverá ser aplicado, inicialmente, em 23 (vinte e três) reservatórios do Ceará, escolhidos pela importância dos seus usos e capacidade de armazenamento

Pesquisadores da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) estiveram reunidos com representantes do Instituto de Tecnologia da Informação e Comunicação (ITIC) e do Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer, na última semana, para avaliar o uso do barco Iracema em projetos futuros relacionados ao monitoramento e avaliação da qualidade da água dos reservatórios do Ceará.

O barco Iracema consiste num veículo de superfície, com finalidade de estudos científicos e de monitoramento hidroambiental. Ele permite realizar missões pré-programadas (autônomas) para a coleta de dados, de forma georreferenciada, ou ainda de forma manual, por meio de um joystick, ou simplesmente guiado por tripulação.

Concebido com apoio da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) e desenvolvido pelo ITIC e CTI Renato Archer, o barco Iracema já foi utilizado em expedição científica no rio São Francisco e, no momento, o mesmo, está disponível para uso em pesquisas por instituições da esfera estadual, federal ou, até mesmo, pela iniciativa privada, no Estado do Ceará.

De acordo com o pesquisador da área de Recursos Hídricos da Funceme, Porfírio Sales Neto, o equipamento robótico poderá, a priori, ajudar em dois projetos futuros que focam na qualidade de água em reservatórios no Estado do Ceará: um voltado para o monitoramento da qualidade da água com uso de sensoriamento remoto; e outro sobre modelagem da qualidade da água. “Ele [o barco Iracema] tem condições de acoplar vários instrumentos, tais como sonda de qualidade da água (vários parâmetros), ecobatímetro, radiômetros, etc., que serão necessários na execução destes projetos”.

Sales Neto explica, ainda, que no referido barco poderão ser acoplados espectrorradiômetros, que são sensores capazes de medir o comportamento da luz (energia) incidente e refletida sobre os corpos d’água, o que permitirá montar uma base de dados (biblioteca) que, quando comparada com dados de imagens de satélite, poderá indicar padrões de qualidade das águas dos reservatórios.

“A ferramenta poderá indicar o comportamento referente ao processo de eutrofização dos reservatórios e também auxiliar na validação de resultados de coleta de água”, reforça o pesquisador da Funceme Gilberto Möbus, responsável pela coordenação do projeto de Modelagem da Qualidade da Água.

O projeto que envolve a implantação da metodologia de modelagem da qualidade das águas deverá ser aplicado, inicialmente, em 23 (vinte e três) reservatórios do Ceará, escolhidos pela importância dos seus usos e capacidade de armazenamento (dados da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos – Cogerh). Esta metodologia já foi aplicada, anteriormente, em três reservatórios do Ceará (Acarape do Meio, Araras e Olho D’Água), através de uma consultoria contratada pela Funceme no âmbito do Programa de Apoio ao Crescimento Econômico com Redução das Desigualdades e Sustentabilidade Ambiental do Estado do Ceará – Programa para Resultados (PforR).

Já o projeto relacionado com o monitoramento via sensoriamento remoto, contemplará prioritariamente 6 (seis) reservatórios. “Com os resultados, espera-se que eles sirvam de inputs para serem adotados pela Cogerh e, consequentemente, para que a metodologia possa ser replicada aos demais reservatórios monitorados por esta Companhia”, indica Sales Neto. São 155 (cento e cinquenta e cinco) os reservatórios atualmente monitorados pela Co. Ambos os projetos, têm um horizonte previsto de 2 anos.

O pesquisador Gilberto Möbus, reforça ainda que, além dos dois projetos futuros, que serão submetidos para financiamento do Banco Mundial, o barco Iracema poderá ser usado em pesquisas nas bacias Experimental e Representativa, localizadas em Quixeramobim, onde são realizados estudos teórico-experimentais sobre a hidrologia do semiárido nordestino.

COM FUNCEME