Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Em sua participação no Jornal Alerta Geral desta terça-feira (27) a advogada Priscila Brito, comentou sobre o Fundo Especial de Campanha.

A advogada esclarece que o valor do fundo especial do financiamento público de campanhas para as eleições de 2020 vem inserido na Lei de Diretrizes Orçamentarias (LDO), que é a lei que estabelece os limites de tudo que o Estado pode gastar no ano de 2020.

A LDO esta sendo votada no congresso, e prevê um aumento de 120% no dinheiro público que será destinado aos partidos, para que financiem as campanhas eleitorais municipais em 2020. Assim, de 1 bilhão e 700 mil reais, passará para 3 bilhões e 700 mil de reais.

“Pra você aí de casa ter uma ideia de quão faraonico é esse aumento de 120%.. o reajuste previsto também na LDO para o salário minímo é de apenas 4%”, ressalta Priscila.

Priscila explica que o aumento já está gerando divergência entre os partidos na Câmara Federal.

“Inclusive o lider do governo e o lider do PSL na camara federal, deputados Major Vitor Hugo e Delegado Waldir já deram declarações de que a bancada do PSL e os partidos da base do governo votarão contra esse aumento, outros parlamentares inclusive sugeriram que esse dinheiro deveria ser revertido ao combate aos incendios na amazonia. Mas, tudo indica que o aumento será sim aprovado pela maioria dos parlamentares”, comenta a advogada.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp