Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Os catadores de matérias reutilizáveis e recicláveis desempenham papel fundamental na implementação da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), com destaque para a gestão integrada dos resíduos sólidos. De modo geral, atuam nas atividades da coleta seletiva, triagem, classificação, processamento e comercialização dos resíduos reutilizáveis e recicláveis, contribuindo de forma significativa para a cadeia produtiva da reciclagem.

Para tanto, a Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis e Reutilizáveis de Maranguape realizou nesta terça-feira (18) o lançamento do projeto de coleta seletiva e a inauguração de seu galpão de triagem. A SEMA, por meio das Coordenadorias de Desenvolvimento Sustentável e de Biodiversidade, participou do evento. A Coordenadora de Desenvolvimento Sustentável, Mara Silva, representou o secretário acompanhada da gestora da APA da Serra da Aratanha, Izaura Lilla.
O projeto conta com 25 postos de coleta seletiva, no qual 4 famílias são responsáveis. Cerca de 500 pessoas fazem parte da Associação de Valorização ao Trabalho Humano (AVATAH).

O fortalecimento da organização produtiva dos catadores em cooperativas e associações apresenta, portanto, um passo fundamental para ampliar o leque de atuação desta categoria profissional na implementação da PNRS, em especial na cadeia produtiva da reciclagem, traduzindo-se em oportunidades de geração de renda e de negócios.

Fonte: Secretaria Estadual do Meio Ambiente