Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O presidente da Fecomércio Ceará, Luiz Gastão Bittencourt, esclareceu, em uma entrevista coletiva, nessa segunda-feira, o processo administrativo na Confederação Nacional do Comércio – CNC, não tem nenhuma implicação na atual gestão do Sistema Fecomercio no Ceará. Luiz Gastão apontou que o argumento resultante desta decisão da CNC não teve nenhuma prova de atitude antissindical.

Diretores, empresários e presidentes de sindicatos estiveram, de forma voluntária, demonstrando apoio à atual gestão. Para eles, Gastão afirmou que sua conduta sempre foi pautada na transparência e na legalidade. Por isso, diante das suspeitas de irregularidades na entidade abriu sindicâncias internas, que receberam apoio formal do conselho da Fecomércio.

É o caso das investigações que apontam desvios no pagamento de um terreno na avenida Washington Soares, em nome do Sesc, negociado no valor de R$ 6,3 milhões, durante a gestão do vice-presidente, Maurício Filizola. A abertura de investigação foi aprovada pela maioria do conselho do Sesc e foi acatada pelo TCU, além de ser enviado um pedido processo administrativo no Conselho de Ética da OAB-CE para o advogado envolvido e pedido de investigação na polícia civil. Uma segunda investigação interna, trata da compra de um software em que foram pagos mais de R$ 1 milhão, durante um ano, mas não foram identificados serviços prestados sobre o mesmo.

Gastão ressaltou, ao término da entrevista, que o Sistema Fecomércio teve um balanço positivo nas ações da instituição para 2021 e segue firme na execução do seu planejamento.


“Comemoramos recentemente os 20 anos do projeto Mesa Brasil, que levou comida para milhões de famílias em situação de vulnerabilidade. Teremos, nos próximos dias, a inauguração da Escola de Gastronomia e Hotelaria, em parceria do Governo do Estado, para impulsionar o ensino profissionalizante para um setor vital para nossa economia. Então, essas questões à parte da nossa gestão não tiram em nada meu ânimo para servir à Fecomércio e ao estado do Ceará e ao povo cearense”, destacou o presidente.

(*) As informações são da Assessoria de Imprensa da Fecomércio

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp