Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O ministro do Supremo Tribunal Federal e presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) , Gilmar Mendes, disse nessa segunda-feira, que coloca as mãos na cabeça quando ouve ideias vindas de São Paulo, Estado que liderou a Revolução Constitucional de 1932, sugerindo mudanças da Constituição Federal.

Segundo ele, o País teve dois impeachments e agora enfrenta uma grave crise política sem convulsão social. Ele criticou a falta de lideranças no País e disse que costuma brincar que “o Brasil está se tornando numa grande organização Tabajara”.