Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Senador Cearense Eduardo Girão / Foto: Reprodução

Em pronunciamento nesta terça-feira (28), o senador Eduardo Girão (Podemos-CE) anunciou que vai apresentar nos próximos dias uma proposta de emenda à Constituição (PEC) para garantir autonomia à Policia Federal, deixando-a livre de interferência política. O senador informou que já está colhendo as assinaturas necessárias entre os senadores. 

— Minha proposta é para que o diretor-geral na nova nomenclatura possa ser indicado a partir de uma lista tríplice a ser apresentada pela Polícia Federal, cabendo ao presidente da República escolher um dos nomes e que este tenha assegurado o mandado independente de eleição de presidente. O diretor da PF deveria continuar no cargo, para maior independência da instituição. Nós não aceitamos interferências políticas e acreditamos que essa PEC exercerá um bom papel em nosso país — argumentou

Girão também elogiou o trabalho desempenhado pelo ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, que se demitiu do cargo na sexta-feira (24). Para o senador, dadas as circunstâncias, a saída significa uma perda considerável para o país. A ausência, afirmou, vai favorecer o crime organizado, uma vez que o ex-ministro representava um “ícone do combate à corrupção e a favor da ética”. O senador também disse estar preocupado com a aproximação do centrão com o governo federal, razão que o fará ficar atento a esse movimento político. 

Fonte: Agência Senado

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp