Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O governador Camilo Santana anunciou nesta terça-feira (28) a aprovação pelo Ministério dos Transportes, de um projeto mais barato de desapropriações para a retomada das obras de alargamento do Anel Viário, ligando o Mucuripe ao Porto do Pecém.  “Conseguimos convencer o Ministério do Transportes de um projeto com um impacto de menor desapropriações. Aprovamos, licitamos, já temos a construtora e devemos estar recomeçando a obra em breve”, respondeu Camilo.

O anúncio foi feito na tarde dessa terça-feira durante a quarta transmissão ao vivo, via Facebook. Ele falou sobre a assinatura do memorando de entendimento entre o Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP) e o Porto de Roterdã, um dos principais equipamentos em movimentação de cargas do mundo. “Há um ano e meio vínhamos trabalhando nisso e agora firmamos a parceria. As tratativas serão ajustadas até o fim do ano. Será de grande importância para o Ceará a médio e longo prazo, trazendo mais empregos, mais oportunidades. Estamos abrindo as portas do Ceará para o mundo inteiro”, afirmou.

O governador também anunciou que a celebração das atividades da Companhia Siderúrgica do Pecém vai acontecer no dia 4 de abril. O “maior investimento privado da América Latina”, como ele mesmo define, vai gerar mais de 18 mil empregos diretos e indiretos. Só no final do ano passado, a CSP já produziu mais de um milhão de toneladas de aço, exportando para a Europa.

Sobre a questão de segurança hídrica, há um compromisso do Ministério da Integração de que as obras sejam retomadas até o fim deste mês.

Finalizando a transmissão, o governador falou sobre a concessão do Aeroporto Internacional Pinto Martins, em que a empresa alemã Fraport foi a responsável pelo arremate por R$ 425 milhões e deve investir R$ 1,4 bilhão na modernização e na ampliação do aeroporto. Ele destacou que o processo é de extrema importância para Fortaleza ser escolhida para a vinda do HUB da Latam.