Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Governo do Ceará garantiu, neste sábado (3), mais estrutura para as ações de policiamento em Fortaleza. Foi assinada, pelo governador Camilo Santana, a ordem de serviço para a construção da nova sede do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque), da Polícia Militar do Ceará (PMCE). O novo equipamento será construído em terreno localizado na Praia do Futuro, pelo Grupo M. Dias Branco, em parceria com o Estado e a Prefeitura de Fortaleza. Acompanharam Camilo Santana na solenidade representantes do Grupo Dias Branco, o prefeito Roberto Cláudio e o secretário da Segurança Pública e Defesa Social, André Costa.

A nova unidade policial faz parte do Pacto por um Ceará Pacífico e da plataforma Juntos por Fortaleza, seguindo planejamento para garantir mais investimentos em Segurança Pública. A nova sede do Choque será responsável por efetivo de 1000 homens e terá área total de 10.000 m² – cerca de 3.000 m² de área construída, mais que o triplo da unidade atual do Choque, que tem 925 m². A empresa responsável pela obra estipula prazo de um ano para entrega.

Camilo Santana afirmou que o batalhão é um benefício para a população, que desfrutará em breve de ruas mais seguras na localidade. O governador também agradeceu o empenho do Grupo Dias Branco para realização do serviço, “uma parceria inédita com a inciativa privada que trará muitos frutos”.

“Essa é uma das regiões mais procuradas por turistas e também por fortalezenses que, quando procuram a praia, vão para a Praia do Futuro. A escolha desse local é estratégica e vai trazer uma movimentação muito forte de policiais nesta região. A gente já tem reforçado a presença da PM em toda a Praia do Futuro. Todos nós, poder público, iniciativa privada, estamos nos unindo aqui para construir um Ceará mais seguro para o povo cearense”, afirmou.

A ação conjunta traz para a Capital mais perspectivas para políticas estaduais e municipais. O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, disse que a realização do empreendimento viabilizará maior atração de investidores e o consequente desenvolvimento econômico da região. “Uma das áreas de maior potencial de habitação qualificada é essa área que envolve a Sabiaguaba, Praia do Futuro e vai até o Porto do Mucuripe. Certamente, a presença desse batalhão aqui abre novas possibilidades de investimentos públicos e privados”, explicou.

Durante o ato de assinatura da ordem de serviço foram feitas homenagens ao empresário Ivens Dias Branco, que faleceu em 2016. No mesmo ano, o então diretor-presidente do Grupo Dias Branco havia assinado o termo de compromisso para construção da unidade do Batalhão de Choque.

Estiveram presentes na cerimônia a presidente do Conselho de Administração do Grupo Dias Branco, Consuelo Dias Branco, o vice-presidente do Grupo Dias Branco, Geraldo Luciano, e a vice-presidente financeira do grupo, Graça Dias Branco.

Dentre as autoridades e lideranças políticas estiveram o deputado federal Leônidas Cristino, os deputados estaduais Mário Hélio, Walter Cavalcante e Fernando Hugo, o Procurador-Geral de Justiça (PGJ), Plácido Rios, secretários de Estado, vereadores e autoridades de segurança do Ceará.

Mais estrutura

A obra abrigará o Comando de Policiamento Especializado (CPE), Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque), Comando Tático Motorizado (Cotam), Comando Tático Rural (Cotar), Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate), Companhia de Distúrbios Civis (CDC), Departamento de Educação Física do Choque. A estrutura ofertará piscina semiolímpica, quadra poliesportiva, pista de cooper, auditório, salas de aula, alojamento e academia.

O titular da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), André Costa, explicou que é essencial mais investimentos para o Comando de Policiamento Especializado, que tem a responsabilidade de responder por um pilar fundamental na manutenção da segurança nas ruas dos municípios cearenses.

“As missões mais árduas da Polícia Militar são confiadas a esses homens e essas mulheres. É para trazer melhores condições e destacar a importância do trabalho desses policiais que estamos aqui para selar o compromisso de trazer essa sede para a Praia do Futuro”, disse.

Toda a estrutura operacional do prédio atual do BPChoque, que fica no Centro, vai migrar para a nova sede, com exceção da Companhia de Policiamento com Cães (Cpcães), hoje, sediada no bairro Conjunto Esperança. A nova sede amplia a segurança na região da Praia do Futuro, de forte apelo turístico, possibilitando maior capacidade operacional e de treinamento para o policiamento especializado e irá reforçar as ações realizadas pelo Pacto por um Ceará Pacífico, que já conta com a primeira Unidade Integrada de Segurança (Uniseg I).

O Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque) conta hoje com um efetivo de 664 policiais militares distribuídos em cinco companhias especializadas: Comando Tático Motorizado (Cotam), Comando Tático Rural (Cotar), Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate), Companhia de Distúrbios Civis (CDC) e Companhia de Policiamento com Cães (CPCães).

A unidade operacional conta com uma tropa treinada e preparada para atuar em missões específicas e/ou de alta complexidade. Todos os agentes são submetidos a cursos específicos de formação para atuar em cada missão policial, com destaque para atuações em manifestações em público e em ações de combate ao crime organizado.

Política nacional de segurança

O governador Camilo Santana lembrou que, na última quinta-feira, esteve cumprindo agenda em Brasília para defender um sistema único de segurança pública no País, assim como já existe na saúde e educação, a criação de um fundo financeiro de apoio aos estados e a implantação de centros regionais de inteligência da Polícia Federal.

“A ideia é que tenha um sistema que possa integrar e unificar as seguranças públicas de Estado e União, criando centros de inteligências regionais. Eu estou defendendo essa classificação porque não podemos comparar o preso que comete crime de baixa ofensividade, ou seja, faz um roubo de celular, com o cara que mata e faz parte do tráfico de drogas. Aprovamos agora a Vara exclusiva para delitos e crimes organizados no Ceará. Toda a decisão com relação a esses presos vão para essa Vara. Não se dá nenhuma liminar que favoreça esse criminoso”, lembrou.

Com informações Governo do Estado do Ceará

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp