Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

“Eu gostei bastante da escola pois estávamos esperando há muito tempo. E, agora que ela chegou, tem uma estrutura ótima, laboratórios de muita qualidade, não deixa a desejar em nada. Os professores também são muito bons, sempre dispostos a nos ajudar. É um prazer estudar em um ambiente assim”, declarou Imily Campos Braga, estudante do 2° ano, que leu uma carta de agradecimento para o governador Camilo Santana. – Foto 0729

Imily é uma das centenas de alunos que passarão a estudar na nova sede da Escola de Ensino Médio (EEM) Professora Francisca Linhares de Sousa, no bairro Jabuti, no Eusébio, inaugurada nesta quinta-feira (30) pelo governador do Ceará. O equipamento teve investimento de R$ 6,2 milhões, oriundos dos Governos Federal e Estadual.

“Não tem coisa mais feliz do que entregar uma escola. Eu e a professora Izolda Cela acreditamos que não tem meio melhor para transformação do que através da educação. Atualmente, estamos construindo mais de 100 escolas. Essa, não deixa a desejar em nada se comparado com qualquer escola particular do país. Antes as pessoas diziam que o que era público não prestava, mas é o contrário. Por ser para quem mais precisa, é importante ter qualidade. O último resultado do Ideb, que apontou que entre as 100 melhores escolas estaduais do Brasil, 77 são do Ceará, nos faz acreditar que investir em educação é o caminho certo. Saber que o Eusébio tem 100% das escolas de Ensino Fundamental de tempo integral, é motivador para nós. A população está de parabéns”, declarou Camilo Santana.

Com a nova estrutura, os estudantes e profissionais terão um espaço adequado para o ensino e a aprendizagem. São seis salas de aula, com capacidade para atender até 810 alunos nos três turnos (manhã, tarde e noite), laboratórios de Informática, Física, Química, Biologia e de Matemática, sala para o Grêmio Estudantil, biblioteca e sala de vídeo. A escola conta, ainda, com anfiteatro e quadra poliesportiva. A obra foi supervisionada pelo Departamento de Arquitetura e Engenharia (DAE), ligado à Secretaria da Infraestrutura (Seinfra).

A EEM ficará sob a responsabilidade da Coordenadoria Regional de Desenvolvimento da Educação (Crede) 1, sediada em Maracanaú. A rede estadual na região passa a contar com 76 escolas, sendo 42 escolas regulares, 11 Escolas Estaduais de Educação Profissional (EEEP), 08 Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral (EEMTI), 14 escolas indígenas e 01 escola destinada aos privados de liberdade.

O prefeito do Eusébio, Acilon Gonçalves, destacou o empenho do Governo do Ceará no trabalho da educação como agente transformador. “Estamos inaugurando uma escola com grande qualidade, deu para ver isso na nossa caminhada. E a satisfação é maior pois estou ao lado do governador Camilo Santana, que faz da educação a maneira de fazer crescer o Ceará, formando cidadãos para afastar das ruindades e aproveitar as bondades que a vida pode oferecer”, disse.

Antônia Marta Félix Pereira, professora de Física da escola há três anos, disse que o novo equipamento tem recursos para garantir uma boa educação para os jovens. “A estrutura é excelente, dá todas as condições para o aluno aprender, pesquisar. Há laboratórios de todas as áreas, Matemática, Física, Química, Biologia, Informática, livros para todos os adolescentes. Tudo isso é muito importante, junto aos professores comprometidos com o ensino. Nós estamos sempre dando o nosso melhor para que eles alcancem e superem os seus objetivos”. – Foto 0747

Participaram também da solenidade a secretária executiva da Educação, Rita Colares, e os deputados estaduais Bruno Gonçalves, Evandro Leitão, Jeová Mota e Tin Gomes.

Rede estadual de educação

Atualmente, o Ceará conta com 712  escolas  em funcionamento (Ensino Médio Regular e Ensino Profissional), além de 99 escolas que estão em construção ou conclusão, atendendo cerca de 448 mil alunos.

Com informação da A.I