Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
A governadora em exercício, Izolda Cela, recebeu na tarde desta quarta-feira (14), no Palácio da Abolição, a embaixadora da República Tcheca, Sandra Linkensederová, com intuito de aproximar relações institucionais e firmar possíveis parcerias em diversas áreas, como educação, segurança, turismo, infraestrutura e tecnologia.
Logo no início, Izolda Cela explicou que a sede do Governo do Ceará se chama Palácio da Abolição por causa do registro histórico do primeiro estado do Brasil a abolir o tráfico de escravos. Segundo ela, todas essas conquistas ao longo dos séculos são refletidas na atualidade.
“Nosso estado é muito resiliente, pois temos muitas barreiras, adversidades em termos distribuição de renda, grande parte do território está no semiárido. Mas temos força! Algo que não é tão trivial é da articulação dos nossos gestores com os municípios. Historicamente temos uma condição melhor do que outros estados. Temos dado sequencia a esse esforço de melhoria na infraestrutura, como podemos ver na parceria do Porto do Pecém com o Porto de Roterdã”, disse Izolda.
Sandra Linkensederová falou dos potenciais da República Tcheca que poderão contribuir para o desenvolvimento do Ceará. “Essa é a primeira vez que venho ao Ceará desde que assumi o cargo, há cinco meses. Tenho procurado conhecer partes do Brasil e aproximar nossos laços, nossa assiduidade de debates. É muito importante apresentarmos nosso país e vermos as possibilidades do que podemos oferecer. Temos fortes indústrias de plásticos, automóveis, autopeças, produtos na área de segurança e tecnologia mais ampla, como robótica, lasers de grande potência”.
Durante o encontro, foram discutidas possibilidades de convênios para as universidades, tecnologia na área de dessalinização, materiais de segurança, além da potencialização das exportações e do turismo através da trinca de hubs.
“Energia, saneamento, segurança, é um pacote muito rico. Somos receptivos e empenhados nos nossos desafios. Na questão da educação, a rede de educação profissional é relativamente nova, mas já tem apresentado bons resultados. E cada vez mais a nossa ideia é aproximar os jovens desses projetos tecnológicos, dando maior efetividade ao processo de formação. Temos um caminho que exige essa articulação”, concluiu a governadora em exercício.
COM GOVERNO DO CEARÁ
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp