Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Encontro de Autoridades, realizado na Universidade de Oxford (Reino Unido), chegou ao fim nesta sexta-feira (30). Ao longo dos cinco dias de programação na Inglaterra, o evento reuniu mais de 60 autoridades(governadores, parlamentares, especialistas, empresários e terceiro setor) para abordar pautas relevantes sobre as necessárias qualificação dos serviços públicos e priorização de investimentos em educação pública. O Governo do Ceará foi apresentado como exemplo positivo por conta do planejamento voltado a políticas sólidas no campo educacional e de capacitação profissional para a gestão pública. A vice-governadora, Izolda Cela, e o secretário chefe do Gabinete do Governador, Élcio Batista, foram os representantes oficiais do Executivo cearense no Reino Unido.

Dias de reflexão e trabalho intenso para aprimorar o recrutamento do serviço público e colocar a Educação no centro de prioridades de todos os governos. Para Izolda Cela, este é o saldo dos momentos vivenciados em Oxford pelas autoridades brasileiras. “Houve a convocação dessa reflexão para que, no Brasil, a administração pública avance nos critérios e nos compromissos tanto no recrutamento quanto na motivação das pessoas que atuam nos quadros públicos e, para isso, ter como prioridade os planos para a educação brasileira.”

O Governo do Ceará levou, durante a primeira parte do encontro, os resultados do investimento em capacitação profissional para os servidores, com gestão baseada na meritocracia. Foi explanado como é possível criar um ambiente de serviço público com mais qualidade para a população, por meio de profissionais mais motivados e capacitados. Quando o tema foi a educação pública brasileira, as lideranças cearenses mostraram o destaque nacional do Ceará em diversas áreas, com alfabetização na idade certa, valorização dos professores e da gestão escolar.

“O debate foi em torno exatamente destas questões. De como é possível valorizar a Educação a tal ponto que ela se transforme no principal ativo para o desenvolvimento econômico e social do país. Em linhas gerais, não será possível desenvolver o nosso País se não tivermos a educação como estrutura fundamental para que a gente possa gerar crescimento econômico, ter equidade e que se possa ter coesão social. O exemplo da Coreia do Sul, que pudemos ter acesso através da programação apresentada no último dia, é um exemplo extremamente inspirador, de como eles conseguiram fazer essa transformação ao longo de 50 anos. O Brasil está muito aquém daquilo. Mas estamos no momento decisivo de colocar a Educação como uma prioridade absoluta de todos os governos. No caso do Ceará, o governador Camilo Santana vem liderando esse projeto”, explicou Elcio Batista.

 

 

 

Com informação do Governo do Estado do Ceará

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp