Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O presidente da Executiva Regional do PSD, Domingos Filho, foi, na noite dessa sexta-feira, a General Sampaio para receber a adesão do prefeito Chico Cordeiro, mas o grupo local decidiu continuar sob a liderança política do deputado estadual Leonardo Araújo (MDB). Chico é filiado ao PDT e, nas eleições de 2018, votou em Leonardo. Com as articulações políticas, Leonardo anunciou, ainda, a entrada de quatro vereadores no MDB. O atual presidente da Câmara Municipal, José Rubecy, o Rubinho, será candidato a vice.

A guerra aberta pelo ex-vice-governador Domingos Filho para tirar prefeitos, ex-prefeitos e lideranças municiais do MDB irritou o ex-senador Eunício Oliveira que, nesta semana, decidiu intensificar conversas e impedir a saída de aliados para os quadros do PSD. A briga chegou, também, a Tauá, domicílio da família de Domingos, onde o MDB recebeu, na noite desta sexta-feira, a adesão do vereador Ronaldinho, o quarto mais votado em 2016. Ele pertencia ao PSD.

A queda de braço entre MDB e PSD vem provocando acirradas brigas nos bastidores. O deputado estadual Leonardo Araújo tem sido o porta voz do ex-senador Eunício Oliveira e, no enfrentamento com o presidente do PSD, conseguiu manter no MDB os prefeitos de Pacatuba (Carlomano Marques) e de Carnaubal (Ademir Martins). Domingos chegou a comemorar a filiação de Carlomano e Marques ao PSD.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp