Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O alerta foi dado pelo chefe da Unidade de AVC do Hospital Geral de Fortaleza, Dr. Fabrício Oliveira, no Dia Mundial do AVC. O momento reforça o papel da prevenção, com a adoção de hábitos saudáveis e no acompanhamento de doenças como a hipertensão arterial e a diabetes, na redução dos fatores de risco do AVC (Acidente Vascular Cerebral).

Como destaca Dr. Fabrício Oliveira, a unidade de AVC do HGF recebe anualmente cerca de 2.000 pessoas, que após o tratamento de emergência (fase aguda) iniciam a reabilitação, necessitando de um atendimento de uma equipe multidisciplinar. O médico alerta para a urgência no reconhecimento dos sinais do AVC pois “cada minuto importa para o tratamento”.

Segundo o médico, a hipertensão arterial (pressão alta) é um dos principais fatores de risco do AVC, além de diabetes e colesterol alto. “O AVC é uma doença prevenível. Existem os fatores de risco, que se conseguirmos tratar esses fatores, iremos prevenir 90% dos casos de AVC”, reforça Dr. Fabrício Oliveira atentando para o papel de um acompanhamento médico de rotina para evitar outras doenças, como a obesidade, e a adoção de hábitos alimentares saudáveis e atividades físicas.

Saiba as diferenças entre os dois tipos de AVC

Fonte: Portal Minha Vida

Onde procurar atendimento para AVC no Ceará

Hospital Geral de Fortaleza
Endereço: Rua Ávila Goularte, 900 – Papicu

Hospital Regional do Cariri
Endereço: Rua Catulo da Paixão Cearense, s/n – Triângulo, Juazeiro do Norte

Hospital Regional do Sertão Central
Endereço: Estrada do Algodão – Quixeramobim

(*)com informação da CMF

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp