Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O deputado estadual Heitor Férrer assinou, nesta terça-feira, ficha de filiação ao Solidariedade. Heitor deixa o PSB onde ficou por menos de três anos e, agora, tentará, nas eleições de outubro, o quinto mandato consecutivo na Assembleia Legislativa. Em 2014, ele foi reeleito com 93.928 votos. Heitor integrará a bancada do SD liderada hoje pela deputada estadual Aderlânia Noronha, que, também, buscará a reeleição.

O SD será o terceiro partido na vida do parlamentar que entrou na vida pública em 1988 ao se eleger, pelo PDT, vereador de Fortaleza. Em 2015, Heitor ingressou no PSB após os irmãos Cid e Ciro Gomes se filiarem ao PDT. A permanência no PSB seria curta: em 2017, o Partido Socialista passou ao comando do deputado federal Odorico Monteiro, integrante da base de apoio ao Governo Camilo Santana e aliado de Cid e Ciro Gomes. Heitor recebeu convites de outras siglas, mas optou pelo SD para garantir a reeleição.

Durante conversas com Genecias, Heitor recebeu a garantia de que o Solidariedade ficará na oposição. ‘’O Solidariedade tem compromisso com o povo do Ceará. É oposição porque defende um novo projeto administrativo para o Ceará. O deputado Heitor Férrer, pelo seu passado de luta, de ética e seriedade na política, se somar aos que querem mudanças no nosso Estado’’, disse Genecias, ao abonar, ao lado do ex-presidente da Assembleia Legislativa e Superintendente do Incra no Ceará, Marcos Cals. Marcos é filiado ao SD e, nos próximos dias, deixa o cargo para concorrer a um mandato de deputado estadual.

Confira os comentários dos jornalistas Luzenor de Oliveira e Beto Almeida sobre o assunto:

HEITOR FERRER SE FILIA AO SOLIDARIEDADE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp