Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Durante julho, mês de conscientização contras as hepatites viriais, o Hemoce vacinou 419 pessoas contra a hepatite B, um aumento de 70% quando comparado com o mesmo período do ano passado, que registrou 246 pessoas imunizadas. Há seis anos o serviço de imunização foi implantado no Hemocentro Cearense.

No Ceará, entre 1999 e 2018, foram registrados 6.667 casos confirmados de hepatite A, o que coloca o Estado como o 4º do Nordeste com maior número de ocorrências da doença, segundo dados dopelo Ministério da Saúde.

A hepatite B é uma doença viral que pode ser transmitida através de compartilhamento de seringas, acidentes com material perfurante e da mãe para o filho durante o parto. O vírus demora uma média de um a quatro meses para se manifestar e apresenta sintomas como dor abdominal, febre, dor nas articulações, perda de apetite e náusea e vômitos.