Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Um homem foi preso em flagrante e duas armas de fogo apreendidas, após a Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) receber denúncia sobre uma ocorrência de violência doméstica. A ação policial ocorreu, nessa quarta-feira (11), no município de Senador Pompeu – Área Integrada de Segurança 15 (AIS 15) do Estado. O flagrante foi efetuado por policiais da Delegacia Regional local, que vão continuar as investigações sobre o caso.

O paulista Raimundo Nonato Rodrigues (41), que não possuía antecedentes criminais em solo cearense, foi preso logo após agredir verbalmente sua ex-esposa, com quem conviveu por aproximadamente seis anos e possuía histórico de brigas. Na antiga casa do ex-casal, atual residência da mulher e do filho deles, os agentes de segurança apreenderam um rifle calibre 36, uma espingarda de pressão cal. 5.5 e munições cal. 44. As armas estavam dentro de um quarto ainda utilizado por Raimundo, após acordo no divorcio sobre a partilha dos bens.

Quando os agentes de segurança chegaram ao imóvel, o suspeito não estava no local. Mas por telefone ele difamava sua ex-companheira. A briga entre os dois se iniciou após Raimundo retirar um eletrodoméstico da casa sem a autorização da mulher. Ele também utiliza um dos cômodos da residência como salão de beleza, onde trabalha como cabeleireiro. Ao retornar para lá, o homem foi preso em flagrante e conduzido à delegacia da cidade.

Armas apreendidas

Ambas as armas apreendidas são adulteradas. O rifle, de cal. 36, foi modificado para também receber munições de cal. 44 e de igual modo a espingarda cal. 5.5, que também teve o calibre mudado. De acordo com o delegado Jéferson Lopes Custódio, titular da Delegacia Regional de Senador Pompeu e responsável pelo caso, o poder de destruição do rifle apreendido é comparado ao de um fuzil. Raimundo foi autuado em flagrante por ameaça e difamação combinado com a Lei Maria da Penha, além de posse ilegal de arma de fogo de uso restrito.

Fonte: SSPDS