Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O presidente do Senado, Eunício Oliveira anunciou nesta sexta-feira a liberação de R$ 10,9 milhões para os três maiores hospitais de Barbalha, referência para mais de 60 municípios do Ceará e estados vizinhos. As unidades passam por uma grave crise financeira.

Eunício Oliveira deu a informação durante manifestação realizada por populares, funcionários e diretores das três unidades de saúde, nas principais ruas da cidade.

O Hospital do Coração do Cariri, Hospital São Vicente de Paulo e Hospital Santo Antônio, receberão juntos R$ 10,9 milhões, sendo R$ 10,472 milhões para serviços de oncologia e R$ 519 mil para cardiologia. Os valores foram liberados de forma extraordinária, devido às dificuldades enfrentadas pelos hospitais.

Eunício disse que após ser procurado por lideranças políticas da região e diretores das unidades que apresentaram as dificuldades e os riscos de fechamento dos equipamentos, ele procurou o presidente Michel Temer, que de pronto lib erou os recursos.

Desde agosto passado que a Maternidade São Vicente de Paulo (HMSVP) não recebe a verba de R$ 250 mil do SUS. A dívida já alcança R$ 1,5 milhão que afetou diretamente diversos setores do Hospital, conforme relata.

O Hospital do Coração também está em situação dificil. O teto de atendimento, fixado em R$ 272 mil, é inferior à ampla demanda da unidade. O déficit mensal é de R$ 90 mil. A Unidade tem mais de R$ 2 milhões a receber.

Já Hospital Santo Antônio tem um quadro menos crítico, mas também reclama da baixa destinação de recursos.