Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) detectou o furto de água do sistema de abastecimento do Município de Ibaretama, na Região do Sertão Central.  A água, que sai da adutora do Açude Macacos, estaria sendo desviada para propriedades particulares,  o que, segundo técnicos da Prefeitura, vem gerando o desabastecimento na sede e nos distritos do município.

A situação é considerada grave e, nessa terça-feira, o prefeito de Ibaretama, Edson Morais, acompanhado do assessor especial Samuel Júnior, estará em Fortaleza para cobrar providencias urgentes da Cagece no sentido de normalizar o abastecimento de água no Município. Técnicos da Cagece em Ibaretama já constataram que há roubo da água que sai do açude Macacos para abastecer a população.

A água desviada é tratada, ou seja, pronta para o consumo da população. Várias propriedades estariam sendo beneficiadas com a água desviada da adutora do Açude Macacos. A água, nessas propriedades, estaria sendo utilizada para diferentes atividades, ocasionando, assim, prejuízos a população.

‘’A água tratada com cloro está pronta para ser consumida pela população e é um crime o que está acontecendo na nossa cidade’’, desabafou um morador da sede de Ibaretama, em mensagem à produção do site cearaagora. Hoje, Ibaretama sofre com a falta de água para o consumo da população em função da prolongada estiagem. O roubo da água tratada agrava ainda mais o quadro de abastecimento da população. O Açude Macacos tem baixo nível de água acumulada. O caso do desvio de água do sistema adutor de Ibaretama ganhou destaque, nesta segunda-feira, no Bate Papo Político do Jornal Alerta Geral (FM 104.3 – Expresso Grande Fortaleza + 20 emissoras no Interior), entre os jornalistas Beto Almeida e Luzenor de Oliveira.

Isso e muito mais no player abaixo:

BATE-PAPO-24.07