Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Candidato ao Senado, atual vereador do Rio de Janeiro e ex-prefeito Cesar Maia (DEM) oscilou positivamente em três pontos percentuais e chegou a 27% das intenções de voto para o Senado, segundo pesquisa Ibope divulgada nessa terça-feira, 25. Como a margem de erro é de três pontos percentuais, ele está em empate técnico com o deputado estadual Flávio Bolsonaro, que tem 22%. O senador Lindbergh Farias (PT), que tenta a reeleição, tem 19%.

Abaixo deste primeiro pelotão, aparecem outros cinco candidatos em situação de empate técnico: Chico Alencar (PSOL), com 11%; Miro Teixeira (Rede), com 10%; Pastor Everaldo (PSC), com 8%; Arolde de Oliveira (PSD), com 7%; e Cyro Garcia (PSTU), com 5%. Aspasia Camargo (PSDB) tem 4%, mesma pontuação de Mattos Nascimento (PRTB). José Bonifácio (PDT) e o senador Eduardo Lopes (PRB) têm 3%, cada.

Os votos nulo ou branco ficaram em 18% para a primeira vaga, e em 26% para a segunda vaga. O eleitor neste ano votará duas vezes para senador. Não souberam ou não responderam 28%.

Perfil dos eleitores

Em relação ao levantamento anterior do Ibope, divulgado em 19 de setembro, Cesar Maia pulou de 24% para 27%. O perfil dos que declaram optar pelo ex-prefeito chama a atenção pela homogeneidade. Nos diferentes recortes por sexo, renda, escolaridade, idade ou religião, em apenas um grupo, o dos evangélicos, sua pontuação (22%) fica abaixo de 25%.

Flávio Bolsonaro oscilou um ponto para cima em relação aos 21% que marcara em 19 de setembro. Assim como seu pai, Jair, na disputa presidencial, Flávio tem melhor desempenho entre os homens (29% das intenções de voto) que entre as mulheres (16%). Também pontua melhor entre os que possuem ensino superior (29%) e que têm renda acima de cinco salários mínimos (33%).

Lindbergh Farias também oscilou positivamente um ponto. O senador, que já foi prefeito de Nova Iguaçu, tem melhor performance nos municípios da periferia da região metropolitana (22%) do que na capital do Estado (16%). Ele colhe ainda 18% das intenções nas cidades do interior.

Com 11% de intenções de voto no total, Chico Alencar tem um eleitorado de perfil mais rico (atinge 25% na faixa acima de cinco salários mínimos) e escolarizado (23% entre os que completaram o ensino superior). Já Miro Teixeira pontua melhor entre os mais velhos (18% na faixa acima de 55 anos, contra apenas 5% na faixa entre 16 e 24 anos).

O Ibope ouviu 1.512 eleitores em 41 municípios entre sábado e segunda. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. A pesquisa foi contratada pelo Jornal O Globo e pela TV Globo.

Com informações do Jornal O Globo