Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Foram entregues para a população de Fortaleza nesta terça-feira (2) mais 60 leitos hospitalares como parte da ampliação do atendimento do Instituto Doutor José Frota (IJF). As novas vagas foram liberadas no primeiro andar do novo prédio do IJF 2, para aumentar a capacidade de atendimento da unidade, que deve ser inaugurada no primeiro semestre de 2019. Toda a parte de infraestrutura está com 100% das obras concluídas, restando apenas os serviços de acabamentos, instalação da climatização, elevadores e aquisição de equipamentos.

O secretário chefe do Gabinete do Governador, Élcio Batista, o secretário da Saúde, Henrique Javi, juntamente com o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, visitaram os leitos. Na ocasião, foram assinadas a nomeação de novos 79 profissionais da saúde e a compra de aparelhos de ressonância magnética e hemodinâmica.

Iniciada em abril de 2016, a obra do IJF 2 tem um orçamento na ordem de R$ 74,6 milhões, recursos oriundos da ação integrada entre Governo do Ceará e Prefeitura de Fortaleza. A tendência é que, concluída a obra do novo prédio, os atendimentos nos corredores sejam zerados.

O hospital terá a ampliação da sua capacidade de atendimento da principal unidade municipal de saúde de nível terciário, que passará a contar com 664 leitos, além de novas salas cirúrgicas e central de exames especializados. Só em leitos de UTI (Unidades de Terapia Intensiva), o IJF terá um acréscimo de 91%. Em leitos de pós-operatório, o aumento no número de leitos será de 82%. As enfermarias também serão reforçadas com uma ampliação de 41% no número de leitos. No total, serão 203 novos leitos, distribuídos em Enfermaria (153), Unidade Intermediária – UI (20) e Unidade de Tratamento Intensivo – UTI (30).

A unidade será ampliada em 13.237m² de área construída. Dotado de cinco pavimentos, o novo prédio terá duas guaritas, estacionamentos em subsolo, área de convivência, enfermarias, UTIs, Centros Cirúrgicos e salas de recuperação pós-anestésica.

Com informações Comunicação do Governo do Estado