Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Os jornais de Pernambuco repercutiram a ação criminosa ocorrida na madrugada desta sexta-feira (7) na cidade de Milagres, que culminou com o assassinato de dois cidadãos de Serra Talhada – João Batista e seu filho Vinicius Magalhães. O Correio de Pernambuco, Diário de Pernambuco e Folha de Pernambuco, os três de Recife, deram chamadas de capa sobre o ocorrido.

Já o Jornal Desafio, da cidade de Serra Talhada, deu destaque maior aos crimes.  João Batista Magalhães, que era proprietário da empresa Magalhães Informática, é bastante conhecido na cidade, Sua morte e a do filho causaram comoção entre os moradores.  Magalhães foi buscar dois cunhados em Juazeiro do Norte vindos de São Paulo e foi parado por criminosos que tomaram seu carro e os fizeram reféns.  O grupo tentou assaltar duas agências bancárias da cidade, na Região do Cariri do Ceará, na madrugada desta sexta-feira (7).

Após uma intensa troca de tiros 12 pessoas morreram, segundo policiais da cidade e a Coordenadoria de Medicina Legal (Comel) da Perícia Forense (antigo IML). Além de Magalhães e do filho Vinicius Magalhães, morreram a cunhada, o concunhado e um sobrinho dele, que residem em São Paulo. Um sexto refém também foi morto e os outros seriam integrantes do grupo criminoso.

O grupo criminoso não conseguiu levar o dinheiro de nenhum dos estabelecimentos bancários, que ficam na Rua Presidente Vargas, no Centro do município, devido a ação da Polícia.

A Polícia Militar ainda informou que equipes realizam investigações na região, com objetivo de identificar e prender o grupo. Durante a ação, um homem com um colete balístico foi encontrado morto dentro de uma caminhonete. A Polícia Rodoviária Federal afirmou que não foi comunicada sobre a ação na BR-116. Entende que a surpresa da ação criminosa pode ter prejudicado a comunicação entre o órgão e a Secretaria de Segurança Pública do Estado do Ceará, pois os policiais militares encontraram a ação em andamento.

A cidade de Milagres está praticamente parada. O comércio, as escolas e os órgãos públicos estão fechados. A Prefeitura recomendou que as pessoas não saiam de casa, pois há possibilidade de criminosos ainda estarem pela região.

A Secretário de Justiça e Direitos Humanos de Pernambuco informou, por meio de nota, que entrou em contato com o Estado do Ceará para firmar apoio às investigações do crime. O secretário da pasta, Pedro Eurico, solicitou agilidade no processo de liberação das perícias tanatoscópicas dos corpos, já que cinco das 12 pessoas mortas pertenciam a a mesma família de Pernambuco.
Confira a nota na íntegra:
“O Governo de Pernambuco, por intermédio do secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico, realizou contato com a secretária de Justiça e Cidadania do Ceará, Socorro França, para pactuar ações de apoio relacionadas ao fato ocorrido na madrugada desta sexta (07 de dezembro), no município dos Milagres, a 140 quilômetros de Serra Talhada/PE. O fato vitimou 12 pessoas, sendo cinco pertencentes a uma mesma família de Pernambuco.
O secretário solicitou uma maior agilidade na liberação das perícias tanatoscópicas das vítimas pernambucanas. Pelas informações obtidas até o momento, serão solicitados esclarecimentos do fato que deverá ficar sob responsabilidade da Corregedoria Geral de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará. Para o secretário Pedro Eurico “São vítimas que foram chacinadas numa operação aparentemente infeliz”.
No mesmo sentido, a equipe da SJDH atuará no apoio psicológico, assistencial e jurídico aos familiares das vítimas e, neste momento, a equipe do Centro Estadual de Apoio a Vítimas de Violência (Ceav) se desloca para o município”