Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Índios da tribo Tapebas realizaram na manhã de hoje um protesto e bloquearam dois trechos da BR-222, localizados nos quilômetros 12 e 15, no município de Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza. O movimento chama a para uma medida da justiça que determinou a reintegração de posse de uma área localizada próxima a Comunidade do Trilho, em Caucaia, onde moram mais de 60 famílias da tribo.
“Queremos a regulamentação fundiária de nossas terras, pois não podemos deixar que as famílias sejam despejadas, além disso, precisamos do terreno para plantar e sobreviver”, afirma cacique Dourado Tapeba, representante da Articulação dos Povos Indígenas do Ceará e do Espírito Santo (Atoine). Segundo Dourado, os índios já ocupam a área reivindicada há mais de 8 meses. Em janeiro último uma decisão da justiça federal determinou que as famílias deixem o local até o dia 13 de fevereiro.
“Vamos resistir”, disse, destacando que as comunidades Tapebas em Caucaia estão mobilizadas para, na segunda-feira 13, prazo limite dado pela justiça formar um grande bloco de resistência. A Organização Não Governamental (ONG) Associação para Desenvolvimento Local Co Produzido (Adelco) acompanha a manifestação dos índios. De acordo com a técnica da ONG, Adelle Azevedo Ferreira, os índios também reivindicam uma audiência com o Ministro da Justiça, para que o caso deles seja discutido.

Os índios colocaram troncos de árvores e incendiaram pneus na pista, bloqueando os dois sentidos da via. Em nota, a Polícia Rodoviária Federal (PRF), recomenda aos usuários que vão sentido Sobral para seguirem pela Rodovia Estadual.

 

Fonte: G1 CE