Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Servidores do TRE-CE iniciaram nesta quarta-feira, 19, a geração das mídias que serão usadas nestas eleições. A cerimônia, prevista na Resolução TSE nº 23.554/2017, é presidida pelo juiz Alcides Saldanha, e acontecerá até o dia 21, das 8 às 19 horas, na Sala de Treinamento do Tribunal. Representantes dos partidos e coligações, Ministério Público e Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-CE) foram convocados pelo TRE-CE, por edital, para acompanhar os trabalhos, mas, não houve comparecimento na manhã desta quarta-feira.

O juiz presidente abriu o evento agradecendo o empenho e esforço dos servidores da casa, e elogiou a capacidade do corpo técnico do TRE de se mobilizar para fazer o necessário no tempo determinado. É o caso da geração de mídias, “início de uma etapa tão importante, um trabalho decisivo para a segurança e o bom andamento da votação”. O secretário de Tecnologia da Informação do TRE-CE, Carlos Sampaio, acompanhará todo o processo.

Procedimento

A operação visa copiar para os cartões de memória (flash cards) que serão utilizados na carga das urnas em todo o Estado os sistemas e os dados necessários para a realização da eleição: nome, número e foto dos candidatos, nome e número do título dos eleitores, seções principais e agregadas, e mesas de justificativa.

Conteúdo

São dois os tipos de flash cards: de carga, que contém os programas da urna e dados completos de um conjunto de seções; e de votação, apenas com as fotos dos candidatos. Na ocasião, também serão formatadas as mídias de resultado (MR) que são inseridas nas urnas e conterão o resultado de cada seção eleitoral, bem como serão gravadas as mídias que ativam aplicativos especiais: VPP (Verificação pré-pós eleição, para auditoria), SA (Sistema de Apuração, para apuração de seções com votos manuais) e RED (Recuperador de dados, para recuperar resultados em casos de defeito ou ausência de mídia para alguma seção).

Quantitativo

Para a geração de mídias, os servidores da Justiça Eleitoral receberão da Secretaria de Tecnologia da Informação (STI) 896 cartões de memória de carga (264 para Fortaleza e 632 para o interior do Estado) e 25.377 cartões de memória de votação (5.571 para Fortaleza e 19.806 para o interior).

Preparativos

Antes da geração, o TRE realiza vários procedimentos preparatórios que incluem a consolidação das informações necessárias para a eleição, tais como seções, agregações e mesas receptoras de justificativas, a oficialização do sistema de preparação, o fechamento do CAND (Sistema de Registro de Candidaturas), que acontece nesta terça-feira (18/9) e a emissão de relatórios para conferência dos dados dos candidatos que constarão nas urnas eletrônicas. Só após esses passos, inicia-se a inserção dos dados nas mídias.

Próximo passo

Depois da geração de mídias, começará a carga das urnas eletrônicas. O procedimento consiste na destinação de uma urna para cada uma das seções de votação e das urnas para recebimento de justificativas. A partir dos cartões de memória de carga, são transferidos para as urnas eletrônicas os programas da urna, homologados pelo Tribunal Superior Eleitoral, e os dados de candidatos e eleitores (nome, número do título e informações biométricas, se existirem) da seção correspondente.

Com informação do TRE-CE