Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O funcionamento exclusivo dos serviços do INSS pela Internet foi prorrogado até 22 de maio, mantendo o fechamento das Agências da Previdência Social em todo o país, por causa da pandemia do novo Coronavírus.


Para iniciar requerimentos de benefícios previdenciários ou assistenciais, alterar dados cadastrais, mudar forma ou local de pagamento, ver extratos e consultas e ainda cumprir exigências de processos em análise e Perícia Médica, os canais de atendimento ao público são a página www.inss.gov.br, o aplicativo para celular “Meu INSS” e o telefone 135.


Veja as principais medidas para evitar deslocamento presencial ao INSS enquanto durar a emergência sanitária por conta da pandemia:

  • Suspensos até julho: prova de vida nos bancos ou no INSS, bloqueios de pagamento por falta de CPF, de atualização do Cadastro Único, de declaração de cárcere para famílias do Auxílio-reclusão, cadastro e renovação de procuração (leva diretamente aos bancos).
  • Serviços que eram exclusivamente presenciais: foram adaptados para enviar documentos pelo “Meu INSS” os serviços de Perícia Médica e Cumprimento de Exigência;
  • Concessão automática da prorrogação de Auxílio-doença durante 30 dias, ou até que a Perícia Médica presencial retorne, limitado a 6 pedidos.
  • Antecipação de R$ 600,00 para requerentes que aguardam análise de BPC (Benefício Assistencial ao Deficiente), durante 3 meses, e de 1 salário mínimo para requerentes aguardando conclusão de Auxílio-doença, por no máximo 3 meses (confira no Extrato de Pagamento no Meu INSS);
  • Suspensão de exigências para o segurado especial trabalhador rural pelo prazo de 120 dias;
  • Retorno da Calculadora do INSS (simulação de contagem de tempo de contribuição para Aposentadoria por Idade ou por Tempo de Contribuição) no “Meu INSS”;
  • Extrato de rendimentos para Declaração de Imposto de Renda sem necessidade de senha (www.inss.gov.br);
  • Antecipação do pagamento do 13ª. Salário, dividido em duas parcelas (abril e maio).

(*)com informação do INSS

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp