Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Uma portaria publicada pelo Instituto Nacional do Seguro Social no Diário Oficial da União dessa quinta-feira, prorroga a interrupção do bloqueio, por falta de comprovação de vida de seus beneficiários, dos créditos que têm como destino pessoas residentes no Brasil ou no exterior.

Segundo a portaria, só a partir de novembro que o beneficiário correrá risco de perder o benefício, caso a medida não seja novamente prorrogada ou caso ele não faça a comprovação de vida.

O INSS alerta que essa interrupção não prejudicará a rotina e as obrigações contratuais estabelecidas entre o instituto e a rede bancária pagadora de benefícios. Com isso, a comprovação de vida junto à rede bancária deve ser feita normalmente.