Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Após quatro anos de pesquisas, estudos e reflexões sobre o desenvolvimento humano e as diferentes formas de aprendizagem, chega ao Brasil o Instituto Experimentes. O projeto, com sede em Fortaleza, traz uma proposta de ensino que se baseia nas diferentes teorias do conhecimento, somadas aos avanços das neurociências. Ele é inspirado pelo movimento maker, ou melhor, “faça você mesmo”, tendência mundial que chega ao Brasil com o acréscimo da orientação pedagógica.

Com o objetivo fundamental de provocar o diálogo entre as diferentes áreas do conhecimento, o Instituto Experimentes traz mais do queuma proposta com foco nerd. Direcionado para crianças e jovens de 5 a 17 anos, o programa base do Instituto Experimentes irá promover o desenvolvimento dos alunos em áreas como atenção, concentração, leitura e escrita, raciocínio lógico-matemático, memória, imaginação, espírito investigativo e criativo.

O projeto também se utiliza da Teoria das Inteligências Múltiplas do ser humano, proposta por Howard Gardner, (Corporal Cinestésica, Lógica e Matemática, Linguística, Espacial, Musical, Intrapessoal, Interpessoal e Naturalista) para o desenvolvimento de sua metodologia de ensino.

As atividades serão realizadas por meio de oficinas colaborativas com o uso de recursos de robótica, programação, jogos, criptografia, realidade virtual, narrativas, mesa de luz, sempre mediadas pela presença de uma equipe qualificada e interdisciplinar.

O programa oferece turmas nos turnos da manhã e tarde, distribuídas por faixas etárias. Serão ofertados dois encontros semanais, sendo possível optar pelo terceiro encontro para um trabalho de aprofundamento das atividades. A tecnologia usada no Instituto foi patenteada e irá estimular a aprendizagem e a atenção, além de enfatizar as habilidades de cada aluno e a descoberta de novos talentos.

Um dos grandes diferenciais do Instituto Experimentes será o acompanhamentos dos alunos, a partir de relatórios multidimensionais e boletins em 4D, que apresentarão um panorama geral do crescimento individual de cada inscrito, com feedbacks objetivos e subjetivos de desenvolvimento.

Ginástica para o cérebro

Além disso, o Instituto expande sua metodologia com a realização de programas pontuais, temporários e específicos, como o Brain Fitness(ginástica cerebral) para terceira idade e o programa para adultos executivos e “concurseiros”.

A partir de seu know-how em neurociência de padrões internacionais, o Instituto Experimentes tem ainda projetos de convênios internacionais com Inglaterra, Angola, Estados Unidos e Macau.

Idealizadores do Instituto Experimentes

Seus idealizadores viajaram por diversos lugares do mundo para criar uma metodologia inovadora que proporcionará aos alunos aproveitarem ao máximo suas inteligências, por meio do empoderamento da aprendizagem.

Sônia Pinheiro foi a Itália e Angola, onde aprofundou estudos sobre psicanálise e educação, Alexandre Lobo foi a Alemanha e a Inglaterra estudar engenharia biomédica e neurociência e Núbia Reis agregou conhecimentos em pedagogia e psicopedagogia. Durante estes anos, o projeto foi modelado até sua chegada ao Brasil, no final de 2016.

 

Com informação da A.I