Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Uma mulher foi presa após uma ação da Polícia Civil do Estado do Ceará, por meio da Delegacia Metropolitana de Maracanaú, na Área Integrada de Segurança 12 (AIS 12). A captura foi realizada, nessa quarta-feira (17), no momento em que a suspeita saía de uma agência bancária situada no centro da cidade. De acordo com os trabalhos de investigação desenvolvidos pelos policiais civis, a mulher trabalhava em conjunto com o companheiro, que se encontra recluso em uma unidade prisional do Estado.

Por meio de uma denúncia anônima, a Polícia iniciou os levantamentos acerca do esquema criminoso, no qual o suspeito identificado por Cleyton de Oliveira Braga (33) – que já responde a oito procedimentos, por roubo de veículo, receptação, porte ilegal de arma de fogo e crime contra a administração pública – contatava as vítimas e as extorquia. Intimidadas com as ameaças, as pessoas depositavam dinheiro na conta de Aline da Silva Ribeiro (20) – sem antecedentes – que realizava os saques. Em posse de tais informações, os policiais civis seguiram até um banco situado na Avenida João de Alencar, onde identificaram a mulher. Ela tinha acabado de pegar um mototáxi e tentava se evadir após retirar valores oriundos das práticas criminosas.

Na residência da presa, os policiais encontraram cartões magnéticos bancários, chips e aparelhos de celular e um tablet. Em depoimento, ela confessou que trabalhava em conjunto com Cleyton, que orquestrava os crimes do interior do Instituto Penal Professor Olavo Oliveira (IPPOO 2). Aline foi conduzida para a Delegacia Metropolitana de Maracanaú, onde foi autuada, juntamente com o seu companheiro, por estelionato e associação.

Informações da Secretaria de Segurança Pública do Estado do Ceará