Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) prevê a retomada da economia este ano de forma mais gradual do que o projetado

anteriormente, segundo o estudo Visão Geral da Carta de Conjuntura – número 35, divulgada nessa quinta-feira pela instituição, no Rio de Janeiro.

A previsão, feita em março passado, indicava crescimento do Produto Interno Bruto de 0,7%, em 2017. Agora, a estimativa é de aumento de 0,3%. A projeção é que o segundo trimestre do ano tenha crescimento negativo em torno de 0,5%, o que segundo ele, acaba atrapalhando a taxa anual, que fecharia em 0,3%.

Para 2018, o Ipea prevê aumento de 2,3% PIB, um crescimento bem maior, especialmente quando se lembra que o país esteve em recessão.