Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) de Caucaia deste ano alcançou nessa terça-feira (25) o patamar de R$ 6.590.933,37 arrecadados. O marco consta em relatório da Secretaria Municipal de Finanças, Planejamento e Orçamento (Sefin), e representa importante conquista para a saúde municipal.

Todo o montante é destinado ao setor, conforme lei sancionada pelo prefeito Naumi Amorim em 2017. “Esse dinheiro vai se somar ao orçamento já previsto pra Saúde. É uma verba a mais para melhorar o atendimento nos postos, hospitais e UPAs, para comprar remédios, para expandir serviços etc. Foi algo que já deu resultado ano passado e agora vai dar mais ainda”, pontua Naumi.

Os R$ 6,5 milhões recolhidos até agora representam 62% do total previsto para 2018 (R$ 10,5 milhões) e já equivale a 76,5% de todo o arrecadado em 2017 (R$ 8,5 milhões).

O balanço parcial deste ano refere-se tanto aos contribuintes que pagaram as cotas únicas, com 10% e 15% de desconto, quanto aos que quitaram as primeiras mensalidades do parcelamento. O imposto podia ser dividido em seis vezes, com a última cota em dezembro.

Já no ano passado, a Sefin registrou aumento de 39% na arrecadação do IPTU de Caucaia em relação a 2016 – quando foram recolhidos R$ 6,1 milhões. A meta é fazer Caucaia chegar em 2020 com R$ 20 milhões arrecadados só com esse imposto, o que significaria em um aumento de 226% em relação a 2016.

 

 

Com informação da A.I