Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A saída de Everton Sousa do Grêmio para o futebol internacional  está perto de uma conclusão. Procurado por  grandes clubes do velho continente europeu, o clube inglês Arsenal ofereceu ao time gaúcho uma proposta de 40 milhões de euros (R$ 168,5 mi) para ter  o atacante no segundo semestre da temporada. O Napoli, da Itália, também acompanha o atleta e pretende mandar uma oferta.

Caso a venda seja concretizada, o Fortaleza irá lucrar R$ 16,85 milhões por ser detentor de 10% dos direitos econômicos de Everton. O restante da porcentagem está subdividida em: 50% para o Grêmio (R$ 84,2 milhões), 10% para o investidor Celso Rigo (R$ 16,85 milhões) e 30% (R$ 50,55 milhões) para o empresário Gilmar Veloz.

Trajetória

Revelado nas categorias de base do Fortaleza,  o cearense natural de Maracanaú  não chegou a atuar pelo profissional e foi vendido ao Grêmio por 300 mil em 2013. Na capital gaúcha, ele foi campeão da Copa do Brasil (2016), Libertadores (2017), Recopa Sul-Americana (2018) e Campeão Gaúcho (2018-2019). Teve o contrato renovado até 2022 no início da temporada, com multa rescisória para 80 milhões de euros.

Convocado para a disputa da Copa América, foi a estrela da seleção brasileira ao marcar três gols e se sagrar artilheiro da competição.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp